Tenho autoestima baixa. Plástica é para mim?

EM: 4 de janeiro de 2017

Quando a mulher não se sente satisfeita com algo em sua vida é natural que a autoestima seja atingida por esse sentimento. Levar em conta esses três tópicos pode ajudá-la na decisão de fazer ou não uma cirurgia plástica para se sentir melhor consigo mesma:

 

– Primeiro de tudo, descubra se seu sofrimento estético é real ou imaginário. Fazer terapia pode ser uma opção para ter uma conversa honesta e livre de julgamentos preconceituosos, além de ser um jeito de começar a se ver com outros olhos.

 

Discuta seus complexos com seus amigos e familiares. Conte com a ajuda de pessoas que o amam do jeito que você é. Isso só vai reforçar sua confiança na hora de dizer sim ou não para uma intervenção cirúrgica.

 

– Se a vontade de mudar persistir, faça a lição de casa. Procure depoimentos de pessoas que já fizeram o tipo de mudança que você está disposta a fazer e consulte um cirurgião de confiança.

 

Relacionados

Já ouviu falar em vibrolipoaspiração? Quem está pensando em fazer uma cirurgia plástica às vezes se depara com dúvidas e diversas nomenclaturas para um procedimento, não é? Atualmente uma ...
Cirurgia plástica em adolescentes. Deixar ou não?... É difícil encontrar um adolescente que esteja totalmente satisfeito com seu corpo. Por isso, se sua filha (ou filho) sofre demais com algo específico ...
Como saber se você deve fazer uma cirurgia plástic... Gordurinhas extras, ­acidez no abdome, rugas no rosto, nariz um pouco grande, orelhas levemente para fora... Diversos podem ser os motivos que levam u...

Tags

Categorias


Viverno digital

Loading...