Tenho autoestima baixa. Plástica é para mim?

EM: 4 de janeiro de 2017

Quando a mulher não se sente satisfeita com algo em sua vida é natural que a autoestima seja atingida por esse sentimento. Levar em conta esses três tópicos pode ajudá-la na decisão de fazer ou não uma cirurgia plástica para se sentir melhor consigo mesma:

 

– Primeiro de tudo, descubra se seu sofrimento estético é real ou imaginário. Fazer terapia pode ser uma opção para ter uma conversa honesta e livre de julgamentos preconceituosos, além de ser um jeito de começar a se ver com outros olhos.

 

Discuta seus complexos com seus amigos e familiares. Conte com a ajuda de pessoas que o amam do jeito que você é. Isso só vai reforçar sua confiança na hora de dizer sim ou não para uma intervenção cirúrgica.

 

– Se a vontade de mudar persistir, faça a lição de casa. Procure depoimentos de pessoas que já fizeram o tipo de mudança que você está disposta a fazer e consulte um cirurgião de confiança.

 

Relacionados

Cinta modeladora não afina a cintura Aqui na internet rolam diversas dietas mágicas e dicas milagrosas para perder peso e medidas. Mas é preciso ficar atenta: nem tudo que aparece nas red...
Os homens também se cuidam Faz muito tempo que os cuidados com a aparência e com o corpo deixou de ser prática exclusiva de mulheres. Nos dias atuais, para a maioria dos homens,...
A verdade sobre a cirurgia plástica depois da grav... Só quem já teve filho para saber que muitas vezes os momentos de felicidade após o nascimento de um bebê podem conviver lado a lado com o sentimento d...

Tags

Categorias


Viverno digital

Loading...